90% das ocupações do Hospital de Clinicas de CG são de pacientes pertencentes a 2º macrorregião

0
85
Logo após vários dias com a ocupação máxima, hospital teve algumas altas na manhã de hoje (24) – Foto: Reprodução

O diretor técnico do Hospital de Clínicas de Campina Grande, Dr. Johnny Bezerra, falou sobre a situação da unidade hospitalar, logo após mais um fim de semana.

De acordo com o diretor, logo após alguns dias com registros de ocupações totais na unidade, foram dadas 10 altas, sendo 4 na UTI e 6 na enfermaria, na manhã desta segunda-feira (24), o que deu um fôlego no início da semana.

Essa desocupação também fez com que a unidade hospitalar liberasse mais vagas para a Central de Leitos do estado.

Diretor técnico do Hospital de Clínicas de Campina Grande, Johnny Bezerra – Foto: Reprodução

Johnny também lembrou que a unidade não tem reserva técnica, isso é necessário já para que todos os paraibanos possam utilizar dos serviços do hospital.

Já sobre a ocupação, a unidade possui um quantitativo de 78% dos pacientes que não são idosos, ou seja, abaixo dos 60 anos, o que já pode ser um reflexo da vacina, já as outras faixearias tiveram o aumento por conta da ocupação ativa em locais de aglomeração, ou por conta do trabalho.

Outro dado importante, se dá a origem desses pacientes, de acordo com o diretor, 90% são da 2º macrorregião do estado, que é sediada em Campina Grande e é responsável por outros 68 municípios, desta ocupação, 18% são da Rainha da Borborema, seguidos de Esperança e Pocinhos.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Blog do Márcio Rangel (@blogdomarciorangel)

Por Tomás Magno