4ª parcela do auxílio emergencial não será a última; Prorrogação deve ser oficializada nesta sexta, 25

0
100

Confirmado! O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou no início de junho que o auxílio emergencial deve ser prorrogado por até mais três meses, até que a vacinação avance no país. Na última segunda-feira, 21, o ministro da Cidadania João Roma aumentou as esperanças ao dizer que o presidente Jair Bolsonaro vai anunciar a extensão do benefício até a próxima sexta-feira.

Até o momento, está confirmado o pagamento de quatro parcelas do auxílio, estando a liberação da última prevista para o dia 23 de julho para quem não é beneficiário do Bolsa Família. Já para os inscritos no programa social, os pagamentos da quarta cota devem ocorrer a partir do dia 19 de julho.

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

Se as informações sobre a prorrogação se confirmarem, o benefício será pago até setembro, quando a imunização da população já deve ter alcançado números mais expressivos. Ainda não há um calendário oficial para as novas parcelas, embora a expectativa do anúncio seja crescente.

Calendário da 3ª parcela do auxílio emergencial

Desde o dia 18 de junho, a Caixa Econômica Federal está realizando os pagamentos da terceira parcela do auxílio para beneficiários cadastrados no CadÚnico. Já os inscritos no Bolsa Família estão recebendo desde o dia 17 de junho, na sequência do dígito final do seu NIS.

Confira abaixo os calendários de pagamento e saque para ambos os grupos:

  • Bolsa Família

  • Público geral

Leia mais: Bolsonaro deve anunciar prorrogação do auxílio emergencial até sexta, 25