4 passos a tomar para o bem-estar financeiro em 2021

0
74

O ano de 2020 foi devastador para toda a população mundial no quesito financeiro. Mas você não deve se desesperar, apenas reformule sua abordagem e trace novas metas dentro de sua atual realidade.

A seguir, iremos dar 4 passos a tomar para o bem-estar financeiro:

1. Objetivo: Pagar a dívida

Separe todas as suas dívidas e tenha em mente que elas são prioridade no momento. A dívida pode ser avassaladora e muitas pessoas nem sabem quanta dívida têm, então calcule e organize todas as suas contas por ordem de prioridade de quitação.

2. Meta: Respeite o orçamento

Ano passado foi um bom exemplo de como a vida é imprevisível e criar um orçamento pode ajudar a protegê-lo de algumas das incertezas futuras. Tenha um orçamento mensal e não passe desse valor, mesmo que você ganhe um pouco mais em um mês e queira se presentear, às vezes precisamos ser rígidos com nosso dinheiro, pois sabemos o quão valioso ele é em épocas de crise. Com o tempo você pode reajustar esse valor.

3. Objetivo: Ganhe mais dinheiro

Muitas pessoas têm apenas uma fonte de renda, que é do seu trabalho como CLT. Os caminhos tradicionais para aumentar a receita, como conseguir uma promoção, levam muito tempo ou até mesmo têm como requisitos diplomas adicionais.

Você não precisa ganhar centenas de reais a mais para começar a causar impacto na sua vida financeira. Se tiver um tempo extra, analise ideias para atividades secundárias e renda passiva. Você pode acabar ganhando dinheiro extra com um hobby, como vender fotografias na internet, abrir uma loja virtual no Instagram ou até vender doces em um parque nos seus dias de folga.

4. Meta: Corte gastos cancelando assinaturas

Você está tentando não cancelar um serviço de assinatura que dificilmente usa porque pensa em como poderá usá-lo no futuro. Na verdade, você está tendo o que os psicólogos chamam de ‘aversão à perda’, em que as perdas são maiores que seus ganhos.

Aversão à perda significa que, para fazer uma mudança, o ganho tem que superar a perda que você está experimentando. Portanto, o serviço de assinatura que você quase nunca usa vale mais do que os reais que você paga a cada mês. Repense, pois essa atitude pode estar sendo prejudicial para o seu bolso!

Veja também: Os 15 melhores cartões de crédito brasileiros sem anuidade